sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Insanamente apaixonado.




o que nos torna tão ardentes
tão desesperadamente loucos
o que nos faz vibrar novamente,
faz nosso sangue arder feito pimenta
é a paixão surgindo de repente
renovando-nos,
tornando-nos insanos
esta loucura desesperada
em nossa vida é o amor
sem ele somos só uma metade pobre,
metade triste.
somente nos apaixonando
podemos nos tornar inteiros
mesmo sabendo de todo o risco...
não temos mais medo.

(Izilgallu)





17 comentários:

Jardineiro de Plantão disse...

Estive ausente, algum tempo... mas a surpresa e o encanto dos post do seu blog me obrigam a passear no mesmo e a contemplar o passeio ajardinado, com flores de poemar, fantásticos os seus canteiros...não existe um que goste mais... gostei de todos... caramba, como dá para sentir a vibração, na aragem que passa por cada flor plantada.
Parabéns.

Fraterno abraço de um pobre jardineiro.

Lampejos disse...

Nanda,

Com a máxima certeza tens toda razão!

Bom fim-de-semana!

(a) braços, flores, girassóis:)

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Nanda, texto espectaculr...
Beijo

Moacy Cirne disse...

O que seria de nossas vidas sem as paixões? Como está dito nos versos: "somente nos apaixonando/ podemos nos tornar inteiros". Um beijo. Ah, sim: voltarei. Sem pedir licença, viu?

David disse...

Um poema brilhante, o amor e mesmo isso apesar de tudo o que ele faz...

Beijinhos e obrigado pelas palavras

O Autor, disse...

Sim, pode até ser que ficamos "inteiros". Mas sempre aparece alguém para roubar metade do que somos...

Flor disse...

Oi Nanda, passei para te deixar um beijinho e desejar um lindo final de semana.Vê se me visita mais vezes tá bom?Beijos em todos ai ok?

Top saudades de todos...Te adoro

Bandys disse...

Nanda,
Lindo! Adorei.

somente nos apaixonando
podemos nos tornar inteiros
mesmo sabendo de todo o risco...
não temos mais medo


Querida,
Tambem não tenho mais pai.E a música de Fabio representa todo o amor que sinto por ele.
Obrigada pela visita.

instantes e momentos disse...

Oi linda, tenha um belissimo final de semana.
Maurizio

mariam disse...

dizem e eu também... "ser o Sal da Vida"

bom fim-de-semana
um sorriso :)

janelasdavida disse...

"...somente nos apaixonando
podemos nos tornar inteiros
mesmo sabendo de todo o risco...
não temos mais medo".

"E o que é a paixão senão a nossa bênção de condenação?"

Tenha uma ótima noite!!!

*izil* disse...

Nanda assim não vale, eu escrevo e so recebo seu elogio, voce transporta e recebe uma porção
eheheheh
de qualquer maneira me sinto honrada
Obrigada por me espalhar pelos cantos do Brasil.
Bjs.
izilgallu
volte sempre....

Rose disse...

Ei, querida, gostou da pimenta, não é?
Adoro chegar aqui e encontrar palavras maravilhosas.Lindo!!!
Um bom final de semana, viu?

Atre disse...

nada mais gostoso e também mais temoroso do que um AMOR surgindo...uma paixão brotando....

a gente já pode ter jurado que NUNCA mais ía entregar o coração...e mesmo assim tem CERTEZA que dessa vez vai ser diferente...

mas tem RISCOS que valem a pena....aliás, tem riscos que VALEM a pena VIVER pra se arriscar por eles.....
bjo

Bill Stein Husenbar disse...

Podemos ficar completos e ser inteiros mas, nunca se sabe o dia de amanhã. Óptimo post.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Santhiago Ramirez disse...

Apaixonar-se é da essência humana. O amanhã? Deixemo-lo falar ao seu tempo.
Beijos carinhosos do Thiago

Anja Rakas disse...

Olha eu aqui.
Adorei este texto.
A coragem de nao ter medo de se sentir.
De sentir tudo que um e outro sentem, desejam, sonham.
O click que existe, que nos eleva quando nos encaixamos é sublime.

Beijo doce