sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Buraco negro

É o meu dia de chuva
cheio de cobertores.
É um largo sorriso
cheio de verdade.
É um coração
cheio de amores.
É uma cabeça
cheia de problemas
É uma agenda 
cheia de atividades.
É uma boca
cheia de palavras.
É uma mesa
cheia de pés.
È a noite 
cheia de saudade.
É aquele não
cheio de sim.
É o vazio
cheio de mim!

(Nanda Assis)

                                                                                                                                                     
Recados para Orkut

12 comentários:

João da Silva disse...

Lindo, Nandinha, lindo!
Versos intensos, fortes, belos, que nos transportam... vivamente.
Beijos, querida, muitos!

David disse...

Singelo mas perfeito, gostei. Acho que diz tudo sobre ti.

Beijooo

Anja Rakas disse...

Querida cheguei...
Perdoa a ausência desta marciana sem órbita.
Um..é aquele dia então...
Curte...bem profundo.
Um bj

anderson eduardo disse...

Que lindo... inspirador e sensível... abração e tudo de bom querida

Max Psycho disse...

gostei dos seus versos, e voce sumiu de novo no msn sem mais nem menos, bjus minha linda paixão

Quase Trinta disse...

eu estou bem assim.. nesse buraco negro... e chove e não para.. mas o sol há de vir

paula barros disse...

É você cheia de vida
É você cheia de criatividade
É você cheia de energia
É você cheia de momentos
É você em busca do melhor.

abraços e felicidades.

Gosto de ler seus poemas.

Tata disse...

Oi,
Pense bem depois da tempestade sempre vem a bonança!!!
Os dias de escuridão e chuva passam e sempre vem acompanhados e uma coisa muito boa!
Belo post!
Adorei seu blog!
voltarei com certeza!
bjus

mariam disse...

baralhei-me nas estações... pois, é verdade, aí está frio!
belo poema...
reflecte a vida atribulada
do dia-a-dia de uma mulher
vc, eu, uma outra qualquer...

bom fim-de-semana

um abraço outonal
um mimo
e um sorriso :)

mariam

ah!e parabéns ao Maurício!

Ravnos_Blacklotus disse...

É um blog
cheio de belos textos.

GOstei deste em particular. Apenas não imagino como um vazio preenchido por uma sra com ideias tão boas, possa ser vazio...

Um beijo e uma @},-----

Bill Stein Husenbar disse...

Querida Nanda,

Há momentos assim.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

tossan disse...

Gostei muito deste teu poema. Eu sempre volto