terça-feira, 10 de maio de 2011

Covardia



De onde vem nossa beleza?
Pq queremos ser como os outros?
Perdemos tantas oportunidades na vida,
tentando mudar nossa essência,
achando que se mudarmos vamos ter mais coragem.
Na verdade usamos a nossa grande mudança,
como desculpa pra não fazer ou para não ser quem somos.
Que covardia!!
Se pensarmos bem,
os grandes acontecimentos em nossas vidas, ocorreram,
qndo fomos nós mesmos.
Você diz que eu mudei.
Eu te vejo diferente.
Será que mudamos mesmo, ou
apenas, agora nos conhecemos melhor?
Ainda assim eu te amaria...

(Nanda Assis)

8 comentários:

Um brasileiro disse...

oi moça. tudo blz? estive aqui a dar uma olhadela. muito legal. gostei. apareça po rlá. abraços.

Paula Barros disse...

Com o passar do tempo mudamos, amadurecemos, olhamos a nós mesmo e ao outro diferente.

Se mesmo assim, se ama, amaria, é sinal de um grande amor.


Nanda, tem um pássaro, um pinto, sei lá, que fica no meio do texto, e atrapalha.

beijo

Max Psycho disse...

Todo mundo acaba mudando, seja para evoluir ou até mesmo para regredir, mudanças são necessarias

Everson Russo disse...

Temos que aproveitar nossa essencia pra sermos felizes e nunca muda la...grande beijo de bom dia pra ti.

Everson Russo disse...

Um lindo final de semana pra ti querida amiga...beijos e beijos.

Majoli disse...

Nanda querida, brigadinha por ter respondido minha pergunta em relação as crianças.
Amei saber que são seus filhos.
Você é super jovem e já tem 3, parabéns!!

Covardia, um poema cheio de verdades.
A gente vai se conhecendo aos poucos, creio eu não serem mesmo mudanças e sim descobertas...que elas sejam sempre boas.

Beijos minha linda amiga.

Everson Russo disse...

Beijo de bom sabado pra ti.

Cris Michelon disse...

Brilhante esse texto. Uma coisa que tenho é amor próprio..
É preciso todo ser humano ter para seguir diante as dificuldades da vida.
um bom domingo
bjinhus
cris