domingo, 12 de junho de 2011

Calendário



São tantas as datas comemorativas durante os anos...
São tantos números vermelhos no calendário...
Tantos dias, importantes...

Olhando o calendário antigo, do ano
em que nos conhecemos,
lembro-me de inúmeros beijos, trocas de promessas,
planos, sonhos... detalhes marcados em vermelho
no nosso calendário conjugal.
Agora sozinha, nesses dias sem fim,
sem cores, sem importancias, sem comemorações,
passo sozinha, natal,
ano novo, nosso aniversário...
E o dia dos namorados.

(Nanda Assis)

3 comentários:

Ana S. disse...

Oi Nanda!
Passar o dia dos namorados sozinha para quem já teve um grande amor é difícil mesmo. O importante é estar em paz e viver ao máximo cada dia da nossa existência sem pensar no amanhã.
Beijos

Bell Bastos disse...

Quando não temos mais a pessoa que amamos, não devemos nos lamentar a cada momento e em cada fato e sim aprender o mais importante: que nós podemos viver muito bem dependendo só de nós.

Às vezes as pessoas que sentem muita falta do outro são as que "não se bastam", não conseguem seguir em frente sem alguém ao lado.

Mas pra quem ama de verdade, a dor é muito forte mesmo. D=

Anônimo disse...

queria que vc sentisse isso no mundo real