segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Pássaro



  Em um relacionamento é preciso escolher entre
ser pássaro ou ser gaiola.
  Qndo se é pássaro, nos tornamos o foco da gaiola,
ela luta até o fim pra nos ver presos, sem saida em suas grades.
 Mas quando  se é gaiola, sofremos, pq quanto mais
queremos prender o pássaro, mais ele quer voar.
  Qndo a gaiola consegue prender o pássaro, acaba toda a graça
e toda a diversão, para os dois.
   Eu era uma gaiola feliz, até o dia em que vc
conseguiu abrir a minha porta e voar.
  Ao sair vc trancou e levou a chave com vc.
  Não há como ninguém entrar.
  E eu me tornei uma simples e enferrujada, gaiola vazia.

   (Nanda Assis).

4 comentários:

Marcos Campos disse...

Oi Nanda !!
Não dá pra ser dois pássaros livres, com motivos para voltar ou ficar ??
Beijo !!

Paula Barros disse...

Pois é, tem quem seja gaiola, tem quem seja pássaro. Eu prefiro ser pássaro, mas sabe-se lá quantas vezes fui gaiola. Boa reflexão deixa para os pássaros e para as gaiolas.

beijo

Dri Andrade disse...

Nandinha, o bom mesmo é ser livre em uma relação, ambos.

Poderia ser um pássaro que volta pra sua gaiola por amor todos os dias e uma gaiola sem portas, pra que ele entre saia quando quiser.
Que tal???

beijocass

Flavio disse...

Gosto de uma gaiola, mas em uma brincadeira de BDSM.

Tô brincando.

Mas é bem por aí, quando amos, a primeira coisa que fazemos é aprisionar esse amor. Aí acontece o que aconteceu com a Griselda da novela.

Beijos.

Ps: Estou te seguindo.