domingo, 19 de fevereiro de 2012

Se...

 
    Se você foi meu, foi meu tudo.
    Se  foi meu mal, foi minha perdição.
    Se foi meu homem, foi super.
    Se foi amor, foi eterno.
    Se foi guerra, foi vitória.
    Se foi frio, foi a coberta.
    Se foi doce, foi prazer.
    Se foi bom, foi melhor.
     Se você foi fogo,  não apagou.
    Se vc foi algo, ainda é.

   (Nanda Assis)
   

6 comentários:

Max Psycho disse...

E se eu fui apenas o MAX????

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Nanda. Quanta sensibilidade você tem.
Um amor que marca é assim mesmo, faz com que as palavras venham das entranhas, e isso é excelente.
A dualidade descrita é natural.
Parabéns!
Um beijo, e fique na paz!

Lu Dantas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu Dantas disse...

Se ainda tem o se é porque ainda não teve uma decisão e ainda não chegou ao fim...

Beijo

Marcus disse...

Adorei seu espaço! Voltarei mais vezes! bjs

Mauricio de oliveira disse...

vc tbm ainda e muito pra mim ,talves um dia a gente se encontre ,talves a gente encontra explicaçao....