BLOGGER TEMPLATES AND YouTube Layouts »

quarta-feira, 28 de março de 2012

Medo


  Quando eu era criança, eu tinha medo do escuro,
conforme fui crescendo, aceitava dormir a meia luz,
depois com uma unica fresta, até me acostumar com o breu.
 Lembro das madrugadas em que conversávamos baixinho no escuro
não  conseguíamos nos enxergar direito,  mas não podíamos
acordar as crianças.  As vezes vc me arrancava uma gargalhada
que era rapidamente silenciada, realmente não podíamos
acordar as crianças. Voce me contava historias,
as vezes ate cantava pra mim dormir. Eu sempre agitada,
ansiosa, nessas horas me tornava criança, e rapidinho eu adormecia.
 Depois que vc se foi, eu voltei a ter medo do escuro,
a não dormir a noite, a acordar as  crianças  na madrugada,
em busca de companhia, e nem sei mais o que é gargalhar.
 Voce levou as historias, as canções de ninar, minha calma,
minha paz, minha luz...
  Será que um dia eu vou rir disso tudo?
 
   (Nanda Assis)

2 girassóis floreceram.:

Blog Woman Chic disse...

òtimo texto sobre o medo.
Beijos

Paula Barros disse...

Creio que você vai rir de outras histórias, de outros momentos.

beijo