BLOGGER TEMPLATES AND YouTube Layouts »

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Chamado.


Me chama!
Vc me chama o tempo todo, pra perto da sua boca,
pra perto do seu peito, pra dentro do seu abraço,
pra dormir do seu lado,
pra dançar aquela música linda do Tracy chapman
pra almoçar com você,
pra fazer amor como nossas fantasias exigem...
Voce me chama, e sua voz nesse momento muda!
Eu sofro com seu chamado, por não poder atender,
por não poder ser tão rápida a ponto
de chegar antes de vc terminar a frase...
Eu me sinto presa, amarrada, no lugar errado,
amarrada em todos os lugares que não são a sua cama,
amarrada nesse passado que não consigo torna-lo presente
e vc me chama tanto, o tempo todo, e ver a sua boca
me chamando... Me tortura não poder cala-la com um beijo,
com uma mordida, com o cheiro do meu pescoço, puxando-a
ainda mais pra baixo.
Qndo a sua voz me chama, me sinto
como se estivesse caindo, caindo, caindo
com aquele frio gigantesco na barriga
e a queda nunca chega ao fim.
A nossa distância é o abismo que nos consome.

  (Nanda Assis)



1 girassóis floreceram.:

Lu Dantas disse...

Um texto cheio de desejo e com sinais de saudade de alguém! Adorei!

www.lucadantas.blogspot.com.br