BLOGGER TEMPLATES AND YouTube Layouts »

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Adivinhando...



 Eu posso falar de dança e estar imóvel.
Posso falar de saudade com vc do meu lado.
As vezes falo de dor, completamente anestesiada.
Falo de mim sem me conhecer bem,
falo de vc sem saber quem.
Eu posso falar de tudo que aprendi até hoje,
Do que vivi e do que não vivi.
Posso adotar uma história e escreve-la.
As vezes falta inspiração.
As vezes falo insanidades sem perder a razão.
Eu posso falar dos dias que ainda estão por vir,
não tenho bola de cristal.
Sempre falo de esperança, pois esse assunto nunca fica velho.
As vezes escrevo por escrever,
invento por inventar
experimento sem viver.
Eu posso falar do que eu quiser.
Eu não preciso estar sofrendo para estar amando,
não preciso estar sofrendo para falar de sofrimento,
não preciso estar chorando para escrever algumas lágrimas.
Eu apenas escrevo...
Sei muito da vida do mundo e dos sentimentos,
e gosto de falar sobre eles, do qnto eles dificultam
as nossas vidas.
Das emoções que eles podem causar,
mesmo sem eu nunca te-los experimentado.
Eu sou apaixonada pela vida!
E uma pessoa apaixonada pode falar com propriedade.
Nem tudo que escrevo estou vivendo.
O poeta muitas vezes é um adivinhador!

(Nanda Assis)

0 girassóis floreceram.: