quinta-feira, 8 de junho de 2017

Bêbada

1000 desenhos: foto

Ontem falei de você
do quanto você era parceiro
pau pra toda obra, comparça mesmo.
Voce chegava cedo em casa, trazendo
SACOLAS DE COMPRAS!
Que tipo de cara faz isso?
Voce colocava as sacolas sobre a mesa
e cozinhava o jantar para mim.
Depois de pronto servia meu prato
e levava até onde eu estivesse.
Não, você não era um tipo de cara,
você era "o cara"!
E eu pisei na bola...
E eu te fiz sofrer.
E eu me neguei de fazer seu prato preferido.
Você aceitava algumas coisas
e outras se vingava calado.
Eu lembro da textura dos seus cabelos,
o topete, e as 9 cores diferentes que ele tem,
Ontem falei de você para todo mundo!
As pessoas mereciam saber que você já existiu.
Você arrumava a cama pra eu dormir
mesmo quando estávamos de mal.
Você arrumava a cama e ia dormir no sofá.
Você saia cedo para o trabalho, mas antes
tomava seu banho e fazia o meu café.
As vezes trazia flores do caminho da padaria para a casa,
Eu tomava café com pão e flores,
Você tinha paciencia com tudo!
As vezes explodia, as vezes tomava um porre pra esquecer.
Hoje eu tomei um porre, mas me lembro de tudo.
De tudo que você foi.
Não, não pense que só falo de você quando estou bebada.
Na verdade sempre que falo de você acabo bebendo...
Para esquecer, mas acabo lembrando...
Você sempre trazia cerveja, antes do jantar,
Dizia que era pra abrir o apetite,
mas era só pra relaxar mesmo,
Servia meu copo e levava pra mim onde eu estivesse.
Sorrindo sempre, claro.
E fazia massagem em meus ombros.
Ontem falei de você
e da sua valiosidade!
Sim, você era muito valioso para mim.
Valia mais que diamante como dizia nossa musica.
Uma delas, pois tinhamos um cd todo, só nosso,
Imunidade musical.
Que nunca me deixou imune a nada.
Qria ser imune a saudade,
a dor e a lembranças.
Se eu fizesse hoje um cd,
se chamaria, imunidade racional.
Meu valioso diamante...
Você era um cara do tipo raro.
Sim, sim sim!!
Pois o que dá valor as coisas
é a sua raridade!!

(Nanda Assis)

2 comentários:

brisonmattos disse...

se desse valor a isso tudo não abdicava.

brisonmattos disse...

palavras...palavras.