quarta-feira, 26 de julho de 2017

Usa-me

Liệt diễm phần tinh Flame of Love


Por favor, seja meu sol
Aqueça-me nesses dias frios
Deixe-me viver por você,
Retira-me desse vazio
Em que me encontro sem te ver.
Por favor leva-me contigo
Aos lugares por onde tem ido
Usa-me de todas as formas
Leva-me contigo por favor.
Olhe em meus olhos e veja
Hoje es o que mais quero na vida
Entenda esse amor não é culpa minha
Não me deixe aqui sem você
Retira-me de mim mesma e
Inunde meu ser com seu amor
Quero ser sua agora
Usa-me, leve-me contigo
Enlouquecida já estou.

(Nanda Assis)

2 comentários:

brisonmattos disse...

Estive em Fernando de Noronha, Cunha e agora em Natal, vc nem tchum e ainda quer que fique te chamando.NÃO CHAMO MAIS.

CÉU disse...

Olá, querida Nanda!

Encontrei teu blog, casualmente, num outro e vim espreitar. Estive vendo todos teus blogs, lendo alguns textos e vendo fotos, sobretudo tuas, também.
Um post teu de 20012, me emocionou: teu pai já está com as estrelas. Partiu novo, me parece.

Escreves bem, com sentimento e coração e sobretudo és mto real, gostas de brincar contigo mesma, embora não sabendo quem és (rs), mas cabelo preso é k não (rs). És mto versátil e talvez tenhas motivos para o seres. Desculpa a análise, pke mal te conheço.

Esse poema, aqui, exprime tua aproximação aos outros, sobretudo àqueles que já não escutam, já não enxergam e nem sequer sabem ler. É bonito o que fizeste!

Casada, já com príncipe e princesas, a quem amas muito, acima de tudo, direi, mas ... a gente fica por aqui hoje. Tá?

Beijinhos e um luminoso domingo.