domingo, 31 de janeiro de 2010

Vento.


Esse vento frio q entra pela janela
so me faz lembrar de vc
do inverno q me prendia em casa colada no
seu corpo quente...
As pessoas deviam se casar no inverno.
So qria, neste momento,
q seu sorriso saisse do porta retrato
e me beijasse.

(Nanda Assis)


boa semana.
bjosss...



10 comentários:

Malaguetta disse...

lindo *-*

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia!

é uma palavra mágica que faltava nesta manhã, e vem expressar à você o maravilhoso amanhecer que lhe desejo repleto de amor e paz.

Hoje certamente tudo dará certo o seu caminho será suavizado pela brisa do ar, que chegará até você de mansinho, trazendo com ela o aroma das flores, que darão colorido ao seu dia.

Tudo isso Deus colocou ao nosso alcance para avaliarmos o magnífico presente de estarmos vivos, e sobretudo dizer:

Bom dia!!!

Eu gosto muito de você e, lhe desejo muitas alegrias.

beijooo.

Robs disse...

So qria, neste momento,
q seu sorriso saisse do porta retrato
e me beijasse.

Adorei essa frase...

Um beijo!

Everson Russo disse...

O vento sempre e leva o perfume da pessoa amada,,,beijos e uma linda semana pra ti.

Majoli disse...

Lendo sua poesia, fiquei sorrindo, pela simples razão de quando olho a foto de alguém que tenho aqui nos arquivos do computador, ah me dá uma vontade de arrancar dali e trazer pra perto de mim, como se fosse magia, sabe?

Pena isso ser impossível.

Beijos.

Kátia disse...

lindo seu lugar;

sempre é bom retornar;

bjos

paula barros disse...

Nanda com um sorriso desse, fiquei querendo que saisse da tela e me beijasse. rsrs

Um legal seu poema, pequento e intenso.

beijo

Luan Fernando disse...

Nada melhor que aquecer
que o amor
gostei muito do seu Blog
Estou te seguindo
Tenha uma ótima semana!

Jardineiro de Plantão disse...

Com todo esse sentimento colocado, será que não consegue saltar gente desse porta-retrato?

Muito boa, toda a palete de palavras colocada na demonstração do pensamento.

Abraços

Dois Rios disse...

Nanda,

O inverno vai e vem. Já o sorriso sempre permanece em todas as estações mesmo que seja numa fotografia ou simplesmente na lembrança.

Bjs,
Inês