domingo, 27 de setembro de 2020

Sem ti mental

Como ser sempre novidade?
Vc se cansa de tudo,
Mas ainda quer viver!
Seus movimentos são lentos
Suas pernas tortas
Sua postura e seu caminhar...
Eu qro andar ao seu lado
Tira os oculos, levanta os olhos
O mundo para pra te observar.
Vc observa com calma
Nao há pressa em nada do que vc faz.
Eu já fui importante
Mas tudo cansa,
Vc vive cansado.
Como ser novidade agora?
Voce ja viu tudo, sentiu tudo...
Nada faz sentido então.
Quero me jogar no abismo que 
Vc abriu em meu peito.
Voce fez de mim, uma suicida.
Eu vou partir, 
De coração partido,
Mas qndo os abismos 
Engolem as emoções
É a razão que nos faz dar um 
Passo atras, e não cair.
Um passo atras, vira-se de costas
E anda-se pra frente,
Ate perder-se de vista.
Sem ti mental. 

(Nanda assis)

segunda-feira, 13 de julho de 2020

Tempos atuais

Liguei a tv.
Não tenho boas notícias.
O mundo parou,
Os rostos estão cobertos
As mãos não se tocam mais
As bocam não se beijam
E os corações não mais se aproximam 
Com abraços.
Não temos pra onde ir.
O vazio é coletivo.
Coragem!! Eu sei que você tem.
Mas leões tbm choram.
Ta tudo parado lá fora
E nossa solidão em movimento.
Na estação da vida
Muitos estão partindo.
Eu lamento tanto por nós.
Mas isso é uma carta de vitória
Porque vamos vencer!!
Trago boas notícias, estamos bem
Como eu sei que está também.
Só um pedido quero fazer,
Se cuida, porque quando tudo isso passar
A minha maior promessa
É de novo te abraçar.
É de novo poder te ver.

( Nanda Assis) 

Respiro

Caged

Eu respiro!
É dos pulmões que saem minha voz
Meu querer
Meu sofrer
Minha musica
Que escrevi pra vc.
Eu respiro a saudade pra dentro
E a liberdade sopro pra fora.
O tempo todo vc nao sai de mim
 Esta gravado em meus pulmões
E tbm na minha memória!
Pra sempre!
Eu tenho asma, me falta ar as vezes,
Mas eu respiro. 
Você é meu cigarro, meu vicio, 
Eu parei de fumar.
Você é ar, é vida, 
Eu não paro de te respirar.
Você é meu vigor minha saúde
Sem você eu passo mal.
Esta no meio da minha vida,
É sempre o começo nunca o final.
Amar você é bom
Mas é você que é o Mau.

(Nanda Assis)

sábado, 11 de julho de 2020

Por que te quero?




Por que sua barba parece ser macia e meu pescoço coça.
Por que vc é engraçado, e minha boca sorri.
Por que seu jeito é desengonçado, e combina com o meu.
Por que sua voz é gostosa, e meu ouvido se sente acarinhado.
Por que sua mão é grande e aconchega a minha.
Por que vc é alto e me sinto uma bailarina.
Por que vc é poeta, maluco e pensador, e isso me conforta.
Por que vc sumiu e agora voltou, e eu gosto do regresso.
Por que seu cheiro é discreto, seu olhar também, isso me confunde.
Por que eu não tenho a menor chance mas gosto do desafio.
Por que vc fez uma musica legal e eu qria que fosse comigo.
Por que vc tem estilo e me reconheço nele.
Por que isso é uma ilusão e eu gosto de sonhar.
Por que é só paixão, mas eu poderia te amar!

(Nanda Assis)

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Saudade crônica




Eu tenho uma saudade indecifrável.
Parece um filme,
parece um novo lugar,
parece algo antigo,
só que não consigo saber o que é.
Uma saudade que vem na madrugada
que vem na música dos anos 80,
que vem não sei de onde.
Que saudade é essa que me encoraja a querer ser o que não sei.
Que me faz querer fazer o que nunca fiz.
Saudade é uma doença crônica,
Que corroi a alma.
Não é vazio, é excesso.
Não é sensação, é dor real.
Saudade é pedir perdão até pelo q nao fez
É se redimir, se diminuir, se quebrar
Pra tentar caber de novo.
É não se ter mais lugar.
É perdoar tudo mas nunca se perdoar.
Sentir que o mundo é grande
Mas estar ilhado.
É saber nadar e morrer afogado.
Eu tenho uma saudade indecifrável,
Que me leva pro abismo,
E ao mesmo tempo me salva.
Essa saudade me faz querer
Abraçar o mundo
E  ver que não tenho braços longo.
Me faz voar, sem tirar meus pés do chão.
Essa saudade tem o sobrenome solidão

(Nanda Assis)

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Me espera


Resultado de imagem para estrada, indo sozinha

Eu preciso de um tempo para pensar em nada.
Minha mente turbulenta,
fala em você o tempo todo.
Não desliga, não te esquece,
só lamenta por cada lembrança.
Sou traída por mim mesma.
Quantas promessas já me fiz,
e quebrei no instante seguinte.
Não sei qual parte do meu corpo dói mais
quando penso em você.
Não sei onde estão os meus sorrisos,
não consigo ser natural,
espontânea ou feliz.
Qualquer pessoa que me olhe hoje,
consegue ver que carrego uma dor.
Eu sou vazia.
Você levou tudo!
Eu continuo, por que o mundo
não gira em torno de mim.
Eu sigo no silêncio dos meus dias,
nessa estrada deserta,
olhando pra trás a cada dois passos,
na espera de te ver vindo,
acenando,
pedindo me espera.
Eu sigo te esperando.

(Nanda Assis)

segunda-feira, 27 de abril de 2020

Aglomeração


45 dias isolada do mundo
Sem ver ninguém
Sem sono
Sem sol
Sem calor humano
Eu perdida em mim
Em tantas que sou
Libertadas 
Reunidas
A solidão as libertou.
Muitas faces que escondo
Que escravizo
Que aprisionei para o bem de todos.
Aglomeradas estão no meu silencio
Nos meus dias vazios...
O mundo la fora esta se tornando saudade
Memorias, historias e estorias
E o mundo aqui dentro
A cada dia mais aglomerado
De tantas que fui
Com todas que sou.
A pura, a santa
E também a sem pudor.
De tanto proteger o mundo da minha
Propria multidão
Hoje protejo-me
Do mundo.
Sabias e loucas
De tantas, sou todas!
Vozes
Canticos
Dor
Tesao
Saudade
Tristeza
Amor
Felicidade
Paixão.
Aglomeradas, reunidas
Muitas, dentro de um só coração.

(Nanda Assis)


 


sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Alto



Voce fala alto.
Fuma
bebe
não tem vergonha de nada.
Você se expressa como se 
ninguém ao redor pudesse ver.
Voce insiste.
Erra e insiste.
Você fala o que eu quero ouvir.
Você pede muito
Fala alto.
Você tem uma arma.
Você pega forte.
A sua boca é gostosa.
Molha.
Morde
Fala alto
Eu amo a sua boca e o que sai dela.
Voce fala tao alto
que meu coração te ouviu
E se tornou surdo para todo o resto.

(Nanda Assis)

Estrela do mar



O céu é o mar de outro lugar
Estrelas de amar, 
minha estrela do mar
sem luz, ao sol
minha luz do sol.
meu céu amar,
meu sal, molhar
minha estrela do ceu
minha estrela do olhar.
amar ao se olhar,
ser luz estrelar
estrela do mar
estrela de amar
estrela do céu
meu mundo é seu!

(Nanda Assis)

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Chove




Olha lá fora como chove.
Imagina o frio que tenho sentido,
depois que voce se foi.

Imagina meus olhos como essas nuvens
e quantas lágrimas já derramei de saudade.

Olha a chuva, lembra de mim.

Te conheci em tempos assim.

Voce foi aquele raio que caiu bem na minha cabeça
me partiu ao meio
e nunca mais caiu no mesmo lugar.

Sem você, o tempo esta sempre fechado,

(Nanda Assis)

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Crazy



Já dancei essa música para você.
E tirei lentamente a roupa.
Cada peça que você segurava,
cheirava de olhos fechados.
Voce me puxou e não esperou o fim da música.

Gosto de Aerosmith.
Crazy

(Nanda Assis)

domingo, 19 de agosto de 2018

Poluição




Eu só quero o caos da cidade grande
com você bem no meio.
Eu te abraço forte e ao som de buzinas e sirenes
sussuro ao seu ouvido palavras de saudade e amor.

Eu quero te achar na confusão,
dentro de um onibus lotado
no boteco em frente a rodoviária
ou no shopping mais popular da cidade.

Voce combina com a poluição,
com a fumaça dos carros,
com a chuva e as enchentes,
com a sujeira e as pixações.

Você é uma metrópole e eu uma cidadezinha do interior
Voce é grande,
e esse amor é o caos.

Atravesso a rua e te amo do outro lado.
O sinal ainda não abriu.
E seu coração esta fechado!

(Nanda Assis)

sábado, 18 de agosto de 2018

Inédito




Seu silêncio é como uma bala no meio da minha cabeça!
Adormece meu corpo
me tira os sentidos
faz meu coração bater mais forte,
e ir reduzindo as batidas lentamente
eu perco os sentidos
eu caio no chão
eu morro rápido
sem chances de dizer adeus.

Seu silêncio me mata de uma vez
sem permitir que passe um filme na minha cabeça.

Nosso amor foi um filme que nunca foi lançado,
e eu nunca vou saber o final.

(Nanda Assis)


quinta-feira, 17 de maio de 2018

Livro




Eu escreveria um livro sobre você...
Contaria toda a nossa historia vivida na minha imaginação.
Usaria riqueza de detalhes jamais vividos
e te daria um nome lindo para que ninguém
soubesse quem você é.
Teriam momentos felizes e momentos quentes.
Um pouco de drama que combina comigo
e muita aventura pois combina com você.
Falaria das músicas, das noites, da lua e da estrela.
Teria um campo de girassóis e um céu iluminado.
Uma fogueira e um violão.
Eu escreveria um lindo contando tudo aquilo
que imaginei para nós!
Eu escreveria um livro chamado
amor platonico.

(Nanda Assis)

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Perdido



Eu aprendi a meditar...
Você ia amar saber disso!
Logo você tão zen.
Tenho esquecido de tudo,
minha memória está tão falha,
sofro por isso,
Alguém me disse que meditar
Traz de volta memórias apagadas.
Você ia amar meditar comigo.
Eu tenho tentado lembrar de tanta coisa,
tenho buscado você no meu subcociente.
Tenho buscado você na minha pele
na minha vida, no meu mundo.
Voce sumiu de tal forma
como se tivesse morrido.
Aquela sensação de que nunca mais irei te ver.
Mas não matei você em mim, vc q se matou!
Eu não choro mais a sua ausencia,
tenho esquecido de tudo!
Eu estou meditando,
Estou desenterrando voce,
pois sinto que ainda vive, em mim.
Eu não velei seu corpo,
nem joguei flores.
Também não disse o último adeus.
Você vive, e eu creio nisso!!
Estou meditando você!
Eu vou me lembrar de tudo,
vou me lembrar de onde te deixei pela ultima vez!

(Nanda Assis)

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Solidão




Liberdade é escolher voar com os pés travados no chão.
É ter as portas abertas e escolher ficar.
Liberdade é saber voar, mas preferir os passos lentos.
É ter olhos cheios de lágrimas mas escolher sorrir
É ter saudade mas escolher não lembrar.

Liberdade, é ter chaves nos bolsos,
senhas anotadas em papeis
e não precisar usar nunca.

Liberdade é escolher permancer
sabendo que vc pode ir.

Ser livre é não ter pra onde ir.

Ser livre é ter pra onde ir, mas preferir
ficar onde está.

Ser livre é poder escolher o que fazer.

Ser livre é ter tudo e não ter escolhas.

Liberdade é uma contradição,
é confusão, é solidão!

A sua liberdade está na escolha que vc pode fazer mas não faz!

(Nanda Assis)

sábado, 14 de outubro de 2017

Lagrimas de um poeta

Las lágrimas de Freya (lágrimas de Freya) Gustav Klimt 1862-1918

O poeta chora pelas mãos,
suas palavras escritas, são suas lágrimas.
As vezes salgadas, outras doces,
mas sempre molhadas de saudades
e amores por alguém.
O poeta é um eternizador!
Eterniza pessoas, amores e lágrimas.
Os choros mais lindos,
e as lágrimas mais sentidas!

(Nanda Assis)

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Fácil?

Título: Naughty Angel Size: 8 "x 10" (outros tamanhos maiores disponíveis) Medium: Impressão giclée de belas artes em canvas envolvidas.  NOTA: A exibição de sala mostrada é de um dos tamanhos de lona maiores.  Fine Art Giclee

Nada é fácil.
Ter que esquecer,
ter que lembrar e reesquecer...
O tempo marcado no meu rosto,
nos meus cartões de memórias
guardados na ultima gaveta,
como se fossem as ultimas memorias que gostaria de lembrar,
e as primeiras que lembro todas as noites antes de dormir.
Não é fácil, mesmo depois de anos,
mesmo sabendo que nunca mais será alguma coisa
por menor que fosse não será nunca mais.
Não é facil lembrar de você dizendo que
o nosso amor está acima das coisas desse mundo,
e ter que esperar uma eternidade para quem sabe
em outro mundo, se existir, eu venha a sentir novamente
tudo que um dia me fez sentir... ainda sinto,
eu sinto muito.
A vida é feita de escolhas, e não dá p saber qual escolha é a melhor
mesmo com todas as evidencias.
Não é fácil ter que assumir um erro!
Ter que engolir o nosso erro, junto com todas
as palavras que nunca mais serão ouvidas,
mesmo sem nunca terem sido ditas.
Nunca serão.
Nada é fácil muito menos você!

(Nanda Assis)

domingo, 6 de agosto de 2017

Insistencia

Dança ... este é o meu primo brookie (eu amo você katybug!)


 Eu ainda estou aqui
escrevendo para olhos que não enxergam,
para ouvidos que não podem ouvir
para analfabetos que não sabem ler
e para corações incapazes de sentir.
Mas eu escrevo.
Por que isso adoça minha alma
me tira do poço fundo da solidão
me restaura o coração
e me aproxima de você
que mesmo não sabendo ler
nem ouvir, nem sentir,
ainda insiste em estar aqui!

(Nanda Assis)

sábado, 5 de agosto de 2017


Minha vida está desmoronando cada vez mais...Como eu queria voltar no tempo para poder sentir aquele sentimento de felicidade que nem lembro mais como é.


Onde eu posso te encontrar agora?
Em qual rua mora o seu coração?
Existe alguma esquina que eu possa dobrar
e dar de cara com seu amor?
Só sou eu e a minha solidão,
ninguém mais no mundo além de nós
Em busca de vc para nos salvar
do medo de nunca sentir o sabor de amar.

(Nanda Assis)

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Usa-me

Liệt diễm phần tinh Flame of Love


Por favor, seja meu sol
Aqueça-me nesses dias frios
Deixe-me viver por você,
Retira-me desse vazio
Em que me encontro sem te ver.
Por favor leva-me contigo
Aos lugares por onde tem ido
Usa-me de todas as formas
Leva-me contigo por favor.
Olhe em meus olhos e veja
Hoje es o que mais quero na vida
Entenda esse amor não é culpa minha
Não me deixe aqui sem você
Retira-me de mim mesma e
Inunde meu ser com seu amor
Quero ser sua agora
Usa-me, leve-me contigo
Enlouquecida já estou.

(Nanda Assis)

terça-feira, 25 de julho de 2017

Saber

Girasoles *@

Eu so queria acordar
e saber que vou te ver,
que vou olhar em seus olhos de novo!
Vou te enviar flores,
e um cartão em branco,
Pra vocÊ saber como me sinto por dentro agora.
Vou te enviar flores e chocolates
por que sei que vc ama.
Vou te enviar amor, sem você saber.
Você nunca vai saber o quanto é importante para mim.
Você nunca vai saber que todos os dias
alguém ao acordar tem você como primeiro pensamento do dia,
e o último antes de dormir.
Eu não sei mais de você, desde a despedida.
Você falou em 3 anos, mas o que são tres anos
perto da vida toda sem saber como é seu cheiro?
Seu toque? Seu beijo...
Sua boca me chama em silencio.
Eu posso ouvir com meus olhos.
Sua mão é forte, é grande, e eu nunca saberei
a textura dela na minha pele.
Eu vivo enganando a mim mesma,
com sonhos que nunca irão realizar,
eu vivo iludida com o que possa acontecer
em um futuro que não existirá
simplesmente pq você nem sabe que eu existo,
e se sabe, não quer saber.
Eu hoje vou te enviar flores
por que eu me importo!
Por que é seu dia,
por que eu qro imaginar seu sorriso timido,
e quero que pense em mim,
mesmo qndo abrir o bilhete em branco,
mesmo sabendo que nunca sabera quem sou,
mas quero que pense em mim,
sem saber que sou eu.
Qro pensar em voce pensando em mim.
Você não sabe nada, e eu só sei que é amor!

(Nanda Assis)

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Em transe.

Estou obcecada por pandinhas


Você fica bem de vermelho,
combina com sua timidez,
com seu caminhar de cabeça baixa,
com a sua mão apoiando seu queixo
ao observar-me.
Você fica lindo de branco,
combina com a sua aurea dourada
que é tão forte que me hipnotisa.
Já entrei em transe várias vezes ao te olhar demais.
Você tem uma forma única de me levar
ao céu sem me tocar.
Você me toca com suas palavras.
Sua voz é engraçada, nem grossa nem fina,
eu imagino ela em forma de sussurro.
Você fica bem de verde,
combina com seus olhos castanhos
sua pele morena, seu cabelo raspadinho.
Tudo fica bem em você.
Eu fico mal longe de você!

(Nanda Assis)

terça-feira, 4 de julho de 2017

Ilusão e liberdade

anmazine: http://www.tuinieren.nl/a/kalender/winterklaar-maken❤️


Você me deixou doente,
sem dormir e sem fome.
Ninguém nunca me deixou sem fome!
Ninguém nunca me surpreendeu como você!
Ninguém nunca me ofereceu uma prova de amor tão grande!
Se for tudo ilusão, que dure para sempre!

(Nanda Assis)

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Louco




Você é louco!
Você deu o primeiro passo.
Eu quero caminhar com você.
Eu também sou louca,
largo tudo se mandar!
Quero viver isso!
Desde a primeira vez que te vi.
Está tudo errado.
Mas é por amor, e amor convence!
Amor salva!
Eu não estou brincando!
Espero o tempo que for.
Eu estou esperando já.
A pressa é só pelo seu cheiro.

(Nanda Assis)