terça-feira, 22 de julho de 2008

No banho.




Cada gota que me escorre,


faz um momento com vc.


gotas quentes de desejo.


me espumo com o perfume do seu corpo.


minhas mãos me massageiam.


Assim, da sua maneira.


O sabonete escorrega


como se vc escorregasse sua lingua.


Faço loucuras com minha imaginação.


nun forte gemido


a água leva vc,


e no boxe


desembaço sua imagem.






--------s2------------


14 comentários:

Dois Rios disse...

banho de desejo, sonho e ausência.

Anja Rakas disse...

Banho de sentidos e solidão.
Gostei minha querida.

Beijo

daniel disse...

Nanda Assis

Um interessante poema, com uma certa sensulidade. A suavidade a que não se fica indiferente.
Daniel

O Profeta disse...

Elegantemente...sensual...

Doce beijo

Jardineiro de Plantão disse...

Sentidos e Sensualidade...tudo à flor da pele.

Santhiago Ramirez disse...

Nossa, a gente mergulha no seu texto, que é erótico na medida certa. Gostoso de ler.
Beijos carinhosos

Layla Lauar disse...

Nanda Querida..li agora seus últimos quatro poemas e os amei..você está poetando lindamente, na dose certa, até no erotismo. parabéns...

beijos com carinho

( me deculpe por não estar podendo vir sempre...como eu gostaria).

Anja Rakas disse...

Bom dia querida.
Só para responder-te: não é platónico não. Foi alguém que amei e ainda amo...mas que as circunstancias nos obrigam a estar separados.
Obrigada pelo carinho.
Beijo

Fernando Rodrigues disse...

Um banho de desejo...

bjus

Fernando

Dois Rios disse...

Nanda,

Um beijo agradecido pela tua sempre visita.

Quando o banho acabar, eu volto, tá? rss..

Flor disse...

Foi teu irmão o anônimo acredita nisso?Beijus

Gerlane disse...

Quanta sensualidade e inspiração em teus versos e nestas imagens!

Belo, Nanda! Adorei!

Beijos pra ti!

Ah! E um caliente fim de semana!

cah disse...

lindoo isso tudoo
postaa maais? xd
http://imensidadx3.blogspot.com

Santhiago Ramirez disse...

Voltei, mas para dar um "up" no dia. Que delícia!
Beijos, beijos, beijos