domingo, 9 de novembro de 2008

Vinte segundos.


Como uma flecha certeira
seu olhar parou no meu.
Parou e, 
em longos vinte segundos
transformou meu corpo em arrepio
minha boca em sede
minha cabeça em delírio
meu coração em paixão avassaladora!

Olhos morenos,
de pele morena...

E agora, por onde anda?
Se procuro seus olhos 
em outros olhares
e só encontro o vazio
que meus olhos retribuiram
aos seus, 
naquele dia,
qndo o seu olhar era flecha
e o meu vítima dando adeus.

(Nanda Assis)
________________________


Vc é lindúúú!***





21 comentários:

Atre disse...

estava pensando nisso de SEGUNDOS...
Em quanto POUCO tempo pode ser MUUUUUUUITO longo ou ao contrário...

A felicidade do Felipe Massa, por exemplo.Durou 38 segundos a alegria dele em SER campeão do mundo....

tempo é mesmo VARIÁVEL e CHEIO de possibilidades....


bjos e MUuuuuuuuuuuiiiiiiiiITOS segundo adoráveis na sua semana

Max Psycho disse...

poxa será que por 20 segundos foram suficientes para estares assim, bjus gata e ótima semana

Pelos caminhos da vida. disse...

Ah...esses vinte segundos!

Bom dia Nanda.

beijooo.

Dando a Bunda pra Bater disse...

Tudo isso em 20 segundos? Nossa...

Beijos,

Enfil

Lucí disse...

Imagina quando der 1 hora!?

Hein?!


Bjooo boa semana!

Giselle disse...

Nanda,
ai que lindooooooo
beijs linda e bela semana para ti

Jardineiro de Plantão disse...

Vinte segundos... o chamado tempo de tiro e queda...

Eu necessitei de todo o tempo do mundo...

Abraços

tossan disse...

Como está romântico este blog! Que rápido! Gostei do pema. Bj

♀ Venus disse...

Amei o poema.
Olhares desses são poderosos.
Vibram em nós.

Beiju

paula barros disse...

OI, Nanda
Gosto quando leio um poema e vou vivendo, sentindo. Seu poemas tem esse fascínio.

abraços

Lilith disse...

Gente...incrivel como seus poemas sempre falam de coisas que a gente já passou um dia na vida! Acho demais vc pegar momentos simples porém marcantes, e transforma-los assim, em palavras que retratam exatamente o que foi sentido por uma fração de minutos.

Eu não leio blogs de poesia, exceto o seu...simplesmente pq é muito gostoso o que vc escreve...sempre me lembra alguma coisa que eu já senti e havia me me esquecido.

Bj imenso, e muito obrigada pelo carinho no post do meu niver.

P.S- resultado do sorteio hoje a noite no Amores

Poderoso disse...

Bonito blog, passe tb pelo meu.

João da Silva disse...

Nandinha, você é uma poetisa inspiradíssima: não só a forma dos versos é linda, como a profundidade do pensamento, o alcance das imagens...
Babei, adorei.
Beijos, linda, carinhosos todos, do João

Lampejos disse...

Nanda,

Oh, céus! Um paraíso desse olhar
....em 20 segundos.


Belo!...


(a)braços,flores,girassóis :)

Sun , «3 disse...

Olá :)
Vim aqui agradecer os parabéns que deixaste no blog do João ! ;) Muito obrigada pelas palavras.

*

beijinhos

Vivian disse...

...olá Nandinha!!

o que faz um olhar,
na vida da gente, né? rs

ainda bem que existem
muitos a espera da
recíproca...

bjussssssssss

o que me vier à real gana disse...

Olá, Nanda!

Excelente texto. Pena não terem sido os meus olhos essa flecha!
Verdade!

Bjs

Quase Trinta disse...

Nada como um olho no olho...
Um olhar pode dizer tudooooooooo, as vezes as palavras são dispensadas.

vanessa lopes disse...

nóssssinhoraaaaaaaaa!!!
quer olhar é esse!!!
confesso que tentei prestar mais atenção no poema, mas o olhos do moço me tomaram...
bjussss

Gerlane disse...

Olhos morenos...huummm! Como seduzem!

............

Nanda, não sei como pôr o link do teu blog, como sendo um blog que acompanho, pois procurei a tua relação e não a encontrei.


Beijos!

alguém+ neste mar de gente disse...

também gostei do teu blog! tenho de passar aqui com mais tempo. beijoo