quarta-feira, 14 de março de 2012

Dia da poesia


Existem dois tipos de pessoas: Os poetas e os poesias.
O poeta é aquele que desperta sentimentos adormecidos,
esquecidos, lembranças, toca fundo na alma,
nos faz chorar, arrepiar a pele, nos faz ver detalhes do  dia a  dia
que passam tão discretos, tão invisíveis.
 O poeta  escreve nossas cartas de amor nunca enviadas,
traduz nossos apertos no peito, nossas lágrimas silenciosas.
Transforma em palavras, letras, tudo que nem nós  sabemos explicar,
nem de onde vem, nem como, nem por  que.
O poeta é o tradutor dos nossos  corações.
O "poesia" é aquele que não escreve nem fala tudo isso,
apenas nos faz sentir, e sente intensamente, sem palavras sem leituras.
Escreve com olhares, toques, sorrisos, cheiros, momentos!

 Você me chama de poeta,
sem nem saber  que a poesia é você!

  (Nanda Assis)

2 comentários:

zemaurojr disse...

É uma pena que a poesia vem cedendo espaço à verborragias sem sentido nas mídias sociais. Temos que usar o poder de divulgação desses meios para manter a chama acesa. http://www.blogdoantiquado.blogspot.com/2012/03/luto-aniversario.html

wanessinha disse...

oie tudo bem...gostei muito do seu cantinho
e vim te convidar a conhecer o meu se gostar
fique avontade pra seguir...pois ele é um recem nascido ainda
mais logo logo tudo se ajeita ne rsrsrsrs..xauzinho bjsss
http://segredosdeumamulherapaixonada.blogspot.com.br/