BLOGGER TEMPLATES AND YouTube Layouts »

domingo, 3 de março de 2013

Vermelho.



 E ouvir repetidas vezes aquela musica
 e sentir os olhos lacrimejando,
e a garganta ardendo, pelo choro preso, contido,
e sentindo seu cheiro naquela
camisa que ficou aqui comigo,
e a noite esta congelante, e eu
vou apertando cada vez mais forte sua camisa
e sinto um medo terrível do cheiro acabar,
mas as lembranças não acabam,
e são tantas, capazes de doer uma dor física
como a dor de um parto, como a dor de
uma morte, e esse amor não morre,
e esse amor me mata,
e eu morrendo aos poucos de vontade
de ver vc agora, e falar...
Não, não falaria nada, eu qria sentir seu cheiro
em vc e não na camisa vermelha, que agora envolve meu corpo
no desejo de tentar sentir o seu...
É o  cheiro da nossa casa,
de onde vivemos e eu esperava ansiosamente
toda noite vc chegar, e cada barulho la fora
apertava meu coração
e sua demora aumentou tanto o que sinto
tanto!!... Agora não posso esperar,
não quero lembrar, sua camisa tem o  cheiro
do primeiro olhar, tem o cheiro do primeiro beijo,
tem o cheiro do primeiro filho, tem o cheiro do
meu único amor!!
Como se chorar fosse abafar essa saudade,
como se sofrer fosse me salvar do abismo que é vc.
Me arrependo de tanta coisa, entre elas
ter deixado vc me roubar, e pra sempre me possuir.
Eu bloqueei toda nossa historia por longos  anos
e foram poucas as vezes q  tive medo de nunca mais te ver,
poucas as vezes que tive medo de te ver de novo.
É como se eu tivesse pausado nossa história
e agora vc simplesmente aperta o play,
e  volta tudo como no primeiro dia,
continuando exatamente de onde havia parado.
É a mesma mão na minha cintura
é o mesmo arrepio, e as mesmas pernas bambas,
é o mesmo sorriso de um lado só da boca,
e o beijo molhado, que não tenho  coragem de
limpar, e que me escondo do vento pra que demore muito pra secar.
É o cheiro dela misturado no seu, confundindo meu passado,
sua letra, nossa forca, nossa historia decepada pelo azar,
tanto azar, pq?? pq?? Meus Deus pq??
Pq minha alma gêmea tinha que ter tantos problemas?
pq eu tinha que partir minha alma gêmea em tantos pedaços
fazendo com que o vento a espalhasse por aí?
Como juntar os cacos desse amor, desse cheiro,
dessa historia... Cade o final da historia?
Cade o final feliz?
Que tolice querer o final do que é eterno...
Eu não quero esperar outra vida, pra terminarmos o que começamos
em vidas passadas, pra continuarmos o que
continuamos nessa vida.
Eu preciso de vc agora, e nem posso te ligar.
Eu preciso de vc agora e nem posso ir te buscar
eu preciso de vc agora, e nem sei se vc precisa tbm de mim.
Sua camisa vermelha seca minhas lagrimas.
Vermelho estão meus olhos.

  (Nanda Assis)



3 girassóis floreceram.:

PERSEVERÂNÇA disse...

Nanda, seu texto é uma verdadeira declaração de amor, falo do amor desinteressado, daqueles que se contentam com um abraço, que seguram nossas mãos e nos passam segurança.
Muito bonito mesmo.
Beijinho no seu coração.
NIcinha

Ingrid disse...

sem palavras..............
=/
beijo.

brisonmattos disse...

lindo demais se não fosse triste... O amor deixa a gente muito boba...E óh...o Faustão ficou horroroso mesmo. Que gravatinha mais se noção.